March 15, 2019

December 17, 2018

Please reload

Posts Recentes

Red Bull Trike Strike 2017 apresenta prova desafiadora e muita diversão para os participantes

October 31, 2017

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

Trike motorizado ou sem motor. Qual escolher?

January 16, 2019

O Drift Trike é um esporte que está se popularizando no Brasil, principalmente entre a galera que curte uma adrenalina. O significado da palavra trike é triciclo, e é exatamente isso que ele é. Na parte dianteira estão o garfo e a roda de uma bicicleta BMX. Na parte traseira são usadas dois pneus, como os de kart, revestidos. Muitos praticantes montam seu próprio trike enquanto outros preferem comprar modelos feitos por fabricantes, que oferecem performance para deixar os competidores comendo poeira.  

Basta dar uma olhada rápida na internet para encontrar diversos vídeos em que os praticantes exibem suas manobras alucinantes em trikes motorizados e em modelos sem motor. Quer começar a curtir a emoção do trike, mas não sabe qual dos dois escolher? Confira estas dicas, veja qual é o trike ideal para o seu estilo e comece a riscar o asfalto.

Trike sem motor

É com o drift trike não motorizado que se põe a sanidade à prova. Neste equipamento, o motor é a gravidade. Na maior parte dos modelos de trike sem motor não tem o pedal nas rodas, apenas um suporte de apoio para os pés. Esses modelos são ideais para descer uma ladeira, em que o importante é controlar bem o trike nas curvas e fazer as frenagens da forma correta, não sendo necessário dar impulso para ganhar velocidade. Portanto, se você quer sentir a adrenalina das ladeiras em alta velocidade e rasgar o vento, o modelo sem motor pode ser a opção mais adequada ao adquirir um trike. Além disso, o cenário competitivo no Brasil e em outros países é incomparavelmente mais desenvolvido para o Drift Trike sem motor do que para o motorizado.

Trike motorizado

O trike motorizado proporciona muita curtição, assim como um carrinho de kart. O motor e o tanque de combustível são acoplados na parte traseira do trike e assim é possível andar em terrenos planos sem fazer um grande esforço físico e ainda mandar as manobras de drift. Já para andar em uma pista plana com o trike sem motor é necessário fazer as remadas, ou seja, os movimentos para a frente e para trás nos guidões, para dar impulso ao carrinho.

O trike motorizado é mais adequado para andar em vias planas. Como esse modelo não costuma desenvolver uma alta velocidade, é mais usado para fazer exibições de manobras, em que a criatividade dos pilotos é levada ao limite. Muitos praticantes se reúnem para mostrar suas habilidades dando cavalo de pau, zerinho ou outros drifts para se divertirem. Para reduzir a aderência dos pneus traseiros no chão e proporcionar um deslizar mais rápido, os praticantes revestem as rodas traseiras com tubos de PVC. Essa adaptação é necessária tanto em trikes motorizados quanto nos sem motor, o que aumenta a velocidade e permite o drift.

Por todas essas características, o drift trike se mostra muito versátil e há opções para diferentes tipos de necessidades e estilos. Seja qual for a escolha, o importante é sempre seguir as recomendações de segurança e utilizar capacete, cotoveleira e demais itens que contribuam com a prevenção de lesões em caso de acidentes. Seja seu trike motorizado ou não, a emoção será certa.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags